«

»

Jul 02

Imprimir Artigo

Moto eléctrica bateu a concorrência a gasolina em Pikes Peak

Com as suas 156 curvas ao longo de 19,99 quilómetros de percurso e uma variação de altitudes entre os 1.440 metros e os 4.300 metros, a Pikes Peak International Hill Climb é uma das provas mais duras do mundo, tanto para o ser humano como para as máquinas.
É um desafio particularmente difícil para veículos movidos a gasolina, uma vez que o ar contém menos oxigénio a altitudes mais elevadas.
Como resultado, os carros e motos eléctricos começaram a ganhar muita popularidade nas edições mais recentes deste evento.

PP_Carlin_Dunne

A edição de 2013 de Pikes Peak fica marcada pela primeira vez em que uma moto eléctrica conseguiu bater todos os seus rivais com motos a gasolina: Carlin Dunne e a Lightning MotorCycles terminaram a prova em 10m0,694s, menos 20 segundos que o segundo classificado Bruno Langlois que fez 10m21,323s aos comandos de uma Ducati Multistrada 1200 S.

Espera-se que os próximos anos fiquem marcados pelo domínio dos veículos eléctricos em Pikes Peak.

Fonte: Asphalt & Rubber / Imagem: © 2013 Jensen Beeler / Asphalt & Rubber

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2013/07/moto-electrica-bateu-a-concorrencia-a-gasolina-em-pikes-peak/

Deixar uma resposta