«

»

Abr 19

Imprimir Artigo

Injecção directa de gasolina Bosch reduz o consumo de combustível até 15%

 

No espaço de uma década, a tecnologia common-rail tornou-se o padrão para os motores a gasóleo e actualmente incorpora cerca de 80% dos veículos com motores a gasóleo.

Bosch_01

Uma transformação semelhante está a acontecer com os motores a gasolina; com a injecção directa de gasolina da Bosch, os condutores conseguem usufruir de um binário mais elevado a baixas velocidades e, portanto, um maior prazer na condução. Paralelamente, o sistema reduz o consumo de combustível até 15%. Na Europa, esta tecnologia está em vias de se tornar padrão em carros desportivos compactos, sedans de turismo, SUV’s e carros desportivos.

Bosch_04

A injecção directa está a revolucionar os motores a gasolina da mesma forma que o fez, há uns anos atrás, com os motores a gasóleo e em 2016, cerca de 50% dos motores a gasolina na Europa estarão equipados com esta tecnologia, uma vez que os veículos apenas poderão emitir, em média, 95 gramas de CO2 por quilómetro até 2021. Também os construtores da China e EUA têm pela frente legislação mais restritiva em termos de emissões, pelo que em breve também terão de adoptar esta nova tecnologia.

Bosch_05

Alguns especialistas estimam que graças à utilização da injecção directa a gasolina na Europa, este ano serão emitidos menos 1,2 milhões de toneladas de CO2, uma vez que os veículos equipados com esta tecnologia consomem menos combustível.

 

[youtube http://youtu.be/YURTmUivoYs]

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2014/04/d-injeccao-directa-de-gasolina-bosch-reduz-o-consumo-de-combustivel-ate-15/

Deixar uma resposta