«

»

Mai 04

Imprimir Artigo

Boeing 787 Dreamiliner tem bug que o pode fazer despenhar ao fim de 248 dias

Se já nos habituamos a conviver com a triste realidade de que o software que usamos está cheio de bugs (facilmente comprovado pelas dezenas de actualizações que recebemos por semana nos smartphones, de apps com “bug fixes”), mais preocupante será ver que nem sequer os aviões escapam aos bugs… e bugs que os podem fazer cair, como acontece com o Boeing 787 Dreamliner.

Boeing787dreamliner_01

A FAA detectou um bug no software do Boeing 787 Dreamliner que pode fazer com que perca a energia eléctrica e os sistemas de controlo, se o seu computador se mantiver ligado por mais de 248 dias (cerca de 8 meses). Embora seja pouco provável que os sistemas de bordo se mantenham activos durante esse tempo sem levarem um reboot… é o tipo de problema que não convém ser deixado ao acaso.

Curiosamente, alguém reparou que os 248 dias são um número um pouco suspeito, pois fazem suspeitar que se trate de um bug de overflow numa variável de 32 bits (se tiverem um contador de centésimos de segundo). Ora, este tipo de ocorrências é infelizmente bastante normal em software normal, onde um programador assume que “ninguém nunca irá deixar isto a funcionar por tanto tempo” (não estou a criticar… confesso que também já cometi erros desses, até aprender que é melhor prever todas as situações que conseguir imaginar – especialmente essas que “nunca irão acontecer” – e mesmo assim…) Mas uma coisa é um programa que no pior caso pode crashar e chatear um utilizador, outra é poder cortar a energia a um avião.

… Acho que vai ser melhor começarmos a exigir software open-source nos aviões, para que hajam milhares de olhos curiosos a percorrer o código e a poder detectar este tipo de situação antes que seja detectada de forma mais trágica.

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2015/05/boeing-787-dreamiliner-tem-bug-que-o-pode-fazer-despenhar-ao-fim-de-248-dias/

Deixar uma resposta