«

»

Out 12

Imprimir Artigo

VW lança página para verificação dos automóveis afectados pela “falcatrua” das emissões

O caso dieselgate da VW continua a causar grandes dores de cabeça, e os possuidores de veículos da marca já podem tirar as dúvidas quanto a saber se o seu automóvel está envolvido no escândalo.

vw

Esta manipulação deliberada das emissões poluentes afecta os motores EA 189 (motores diesel de três e quatro cilindros com cilindradas de 1.2, 1.6 e 2.0l), não só da VW como também da Audi, Seat e Skoda, e agora já é possível verificarem se um determinado automóvel é afectado dando um salto a esta página de verificação da VW e introduzindo o número VIN (de chassis) do carro – existindo ferramentas idênticas para a Skoda e Seat (a Audi ainda não disponibiliza ferramenta online para o efeito).

Todas estas marcas se focam no aspecto de que este caso não afecta em nada a segurança e condução do veículo (como se isso servisse de desculpa ou conforto para quem considera toda esta situação completamente inaceitável e um verdadeiro atentado ambiental); e falta ainda saber em que consistirá a “correcção” que a VW vai prometendo e que diz que estará implementada em todos os veículos afectados até ao final de 2016 – objectivo ambicioso, que representará ter que recolher e corrigir uma média de 31 mil automóveis por dia!

É mais que certo que qualquer actualização do software para garantir que são cumpridos os níveis de emissões irá ter impacto adverso no desempenho ou no consumo (ou em ambos), pelo que não sei como é que a VW espera “resolver” o problema, quando ao resolver a questão da poluição se irá meter no problema de ter que explicar aos seus clientes o terem comprado “gato por lebre” (ou neste caso, lebre por gato, mais apropriadamente.) Ainda não se conseguirá prever o real impacto que todo este caso terá, sendo que por cá também se irá fazer sentir certamente na nossa Autoeuropa, que fabricou vários dos modelos afectados.

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2015/10/vw-lanca-pagina-para-verificacao-dos-automoveis-afectados-pela-falcatrua-das-emissoes/

Deixar uma resposta