«

»

Abr 15

Imprimir Artigo

Tesla é rápida a revelar informação de acidentes – mas só quando lhe interessa

Ninguém negará as muitas coisas boas que a Tesla tem feito, mas na área como lida com os dados recolhidos dos seus veículos há quem a acuse de ser extremamente parcial e penalizadora dos condutores.

Ao contrário do prometido futuro sem acidentes dos carros 100% autónomos, os actuais Tesla ainda estão bastante longe disso e não faltam acidentes para o demonstrar. Invariavelmente, sempre que um destes acidentes acontece e o condutor culpabiliza o sistema AutoPilot, a Tesla rapidamente divulga um relato onde faz o “filme” de tudo o que terá acontecido no carro e todas as coisas que o condutor fez, conforme registado pelos sistemas do automóvel.

A quantidade de informação recolhida é impressionante, e permite em muitos casos esclarecer todo o tipo de questões; mas a verdade é que estes dados estão a ser revelados publicamente sem qualquer consentimento por parte do condutor e, mais caricato ainda, o condutor nem sequer tem acesso a eles mesmo que quisesse.

Nas condições de serviço a Tesla reserva-se o direito de ter total controlo sobre os dados e fazer com eles aquilo que muito bem entender, mas pelo menos fica a pergunta sobre se esses dados não deveriam estar igualmente acessíveis aos respectivos donos dos veículos. E na realidade, o mesmo também se aplicará à maioria dos fabricantes automóveis que, mesmo em menor grau, também guardam registos daquilo que o condutor faz e o que acontece no carro. Não deveria toda essa informação estar acessível à pessoa que comprou o veículo em vez de ser mantida em segredo?

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2017/04/tesla-e-rapida-a-revelar-informacao-de-acidentes-mas-so-quando-lhe-interessa/

Deixar uma resposta