«

»

Jul 10

Imprimir Artigo

Tesla vai construir maior “bateria” do mundo na Austrália

A Austrália aceitou a proposta de Elon Musk para construir o maior parque de baterias do mundo para resolver os seus problemas energéticos, e agora a Tesla tem 100 dias para o completar.

Para além dos automóveis, a Tesla muito tem apostado na utilização de baterias de grande capacidade como forma de melhor gerir a produção e utilização de energia à escala dos produtores de energia. Foi uma solução que Elon Musk sugeriu como forma de lidar com os problemas de energia na Austrália, e que se comprometeu a construir num prazo de 100 dias… ficando de borla se não cumprisse com este prazo.

Este projecto implica a construção de um parque de baterias com capacidade de 100MW – o maior do mundo – terá capacidade para continuar a fornecer energia a até 30 mil habitações no caso de falha da rede. É uma aposta que vem no seguimento do encerramento de várias centrais a carvão e a transição para fontes de energia renováveis (40% da sua energia já provém de parques eólicos) – sendo que baterias desta capacidade permitirão melhor compensar a imprevisibilidade dessas fontes de energia. Por exemplo, durante o dia esta mega-bateria poderá ser recarregada usando energia solar, que poderia estar a produzir energia “em excesso”, para que depois seja disponibilizada durante a noite, quando o consumo residencial aumenta.

A contagem decrescente dos 100 dias começa assim que forem assinados os contratos, com muitas pessoas da área a terem sérias dúvidas de que a Tesla consiga cumprir com este prazo (referindo que um projecto desta envergadura seria algo para demorar 6 meses no mínimo). Se a Tesla o conseguir fazer e o resultado final conseguir o objectivo de estabilizar a distribuição eléctrica no sul da Austrália, sem dúvida que será um caso exemplar que poderá incentivar outros países a seguirem este caminho.

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2017/07/tesla-vai-construir-maior-bateria-do-mundo-na-australia/

Deixar uma resposta