«

»

Set 30

Imprimir Artigo

Seis “marcianos” regressaram à Terra

Chegou ao fim mais uma missão de longa duração HI-SEAS que tenta replicar as condições que os astronautas teriam que enfrentar numa missão a Marte.

Nesta edição do HI-SEAS (Hawaii Space Exploration Analog and Simulation) um grupo de seis “astronautas” passou oito meses isolados numa pequena base, onde tiveram que sobreviver sem contacto com o exterior tal como aconteceria caso estivessem em Marte (até as comunicações estavam sujeitas ao mesmo atraso de 20 minutos que teriam se estivessem no planeta vermelho). Sempre que tinham que sair do habitáculo tinham também que vestir e utilizar os fatos de astronauta.

Mais do que avaliar os potenciais problemas técnicos (como sobreviver oito meses à custa de comida “enlatada”) este tipo de experiência é essencial para se avaliar o comportamento de um grupo de pessoas que tem que conviver longos períodos num espaço bastante reduzido – mas que mais uma vez ficou demonstrado ser perfeitamente possível.

Esta foi a quinta experiência HI-SEAS e não irá ficar por aqui (numa edição anterior já manteve uma tripulação isolada durante um ano). Já está a ser preparada outra missão para 2018, onde seguramente serão postos à prova mais alguns aspectos que permitam ir preparando o caminho para uma verdadeira missão em que não seja tão simples “regressar a casa” caso algo corra mal.

 

Publicado originalmente no AadM

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2017/09/seis-marcianos-regressaram-a-terra/

Deixar uma resposta