«

»

Out 19

Imprimir Artigo

Mais de metade nos norte-americanos não entraria num carro autónomo sem condutor

As empresas tecnológicas estão a acelerar a alta-velocidade para trazerem carros autónomos para o mercado, mas pode dar-se o caso do mercado ainda não estar disposto a depositar a sua confiança (e as suas vidas) nestes veículos.

Uma sondagem feita sobre os automóveis autónomos revelou números bastante preocupantes para as empresas que trabalham no desenvolvimento dos carros autónomos e que querem trazer para o mercado esses veículos quanto antes (por exemplo, a Waymo quer lançar um serviço de transporte ainda este ano, que já nem sequer terá um condutor humano de prevenção). Segundo essa sondagem, 56% dos norte-americanos não aceitariam ser transportados por um automóvel autónomo sem condutor.

Uma percentagem ainda maior (81%) também acredita – e bem – que os veículos autónomos irão levar à extinção de trabalhos relacionados com a condução; sendo que 75% também reconhece que estes veículos virão trazer mais mobilidade e independência a pessoas idosas. Curiosamente é que apenas 39% acredita que os carros autónomos virão reduzir o número de mortes nas estradas; e 30% até acha que irão tornar as estradas menos seguras.

Outra coisa mais consensual, é a de que 65% dos inquirido espera que num prazo de 50 anos a maioria dos carros deixará de ter condutor… pelo que, a bem ou a mal, parece que os tais 56% que dizem recusar andar num carro sem condutor vão ter que se mentalizar que o terão que fazer.

… Há voluntários para servirem de beta testers? ;P

 

Publicado originalmente no AadM

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2017/10/mais-de-metade-nos-norte-americanos-nao-entraria-num-carro-autonomo-sem-condutor/

Deixar uma resposta