«

»

Out 09

Imprimir Artigo

Nissan LEAF completou o Rali da Mongólia

O casal escocês Chris e Julie Ramsey, também conhecidos como “Plug In Adventures”, cruzou a linha de meta do Rali da Mongólia em Ulan-Ude no passado dia 9 de Setembro, para se transformarem nos primeiros participantes a concluir o épico desafio transcontinental num veículo totalmente eléctrico: um Nissan LEAF 2016 modificado, apelidado de AT-EV (Veículo Elétrico Todo-o-terreno).

Chris e Julie largaram da linha de partida do rali no Circuito de Goodwood no Reino Unido no dia 16 de Julho e percorreram 12.874 quilómetros através de 13 países, carregando por 111 vezes o seu automóvel com menos de 150 euros de custos de electricidade para chegar à linha de meta, na Sibéria, imediatamente a norte da fronteira com a Mongólia.

Por toda a Europa, Chris e Julie tiraram proveito da extensa rede de carregadores rápidos capazes de oferecer 80% de carga de bateria em apenas 30 minutos. No entanto, durante a passagem pela Bulgária e depois, foram confrontados por um número cada vez menor de opções de carregamento rápido buscando então uma variedade de alternativas para obter energia eléctrica, incluindo bares, cafés, hotéis, albergues, uma barbearia, um posto de correios, oficinas, concessionários automóveis, um salão de exposição de tractores, uma esquadra de polícia e três quartéis de bombeiros na Rússia. Tiveram inclusive uma situação na qual um electricista qualificado ligou o LEAF directamente a um poste de electricidade no meio da Sibéria.

O casal aproveitou a boa vontade das pessoas em cada um dos países que percorreram, tendo apenas que pagar pela electricidade em alguns carregamentos. Foram raras as pessoas que rejeitaram o pedido da equipa de ligar o seu automóvel e além disso recebiam frequentemente bebidas, comida e até alojamento para a noite.

Durante a viagem, a equipa Plug In Adventures esteve empenhada em promover os benefícios da utilização de um veículo totalmente eléctrico e encontraram interesse no automóvel assim como na sua viagem em todos os países que visitaram. Chris foi inclusivamente convidado a participar numa série de debates na Exposição Internacional de Astana, dando vida ao tema de 2017 “Energia do Futuro”. O LEAF AT-EV foi também exibido na exposição.

O percurso mais longo que o casal cumpriu com um único carregamento e com o seu veículo totalmente carregado foi de 185 quilómetros, parando para carregar com 6% de capacidade restante. Chris e Julie registaram uma média de 153 quilómetros entre carregamentos, mantendo suficiente carga de bateria assim que chegavam aos locais de carregamento caso necessitassem de descobrir uma fonte energética alternativa.

 

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2017/10/nissan-leaf-completou-o-rali-da-mongolia/

Deixar uma resposta