«

»

Jan 10

Imprimir Artigo

Nissan apresenta tecnologia para ler o cérebro do condutor

A Nissan acaba de revelar uma tecnologia única no mundo e que vai permitir aos automóveis interpretar sinais do cérebro do condutor, redefinindo a forma como as pessoas interagem com os seus automóveis.

A tecnologia Cérebro ao Automóvel (B2V – Brain-to-Vehicle) promete diminuir os tempos de reacção dos condutores e vai levar a automóveis que se adaptam constantemente para tornar a condução mais divertida.

Quando a maioria das pessoas pensa em condução autónoma, tem uma visão muito impessoal do futuro, na qual os humanos deixam o controlo às máquinas. No entanto a tecnologia B2V faz o oposto, utilizando sinais do próprio cérebro do condutor para tornar a condução mais excitante e divertida“, diz Daniele Schillaci, Vice-presidente Executivo da Nissan. “Através da Mobilidade Inteligente da Nissan, estamos a criar um mundo melhor para as pessoas, através de uma maior autonomia, electrificação e conectividade“.

Esta inovação da Nissan é o resultado de uma investigação sobre a utilização de tecnologia de descodificação da actividade cerebral para prever as acções do condutor ou detectar desconforto:

Prever: Ao detectar sinais de que o cérebro do condutor está a programar um movimento – como por exemplo, rodar o volante ou pressionar o pedal do acelerador – as tecnologias de assistência ao condutor podem iniciar essa acção mais rapidamente, diminuindo assim os tempos de reacção e melhorando a condução manual.

Detectar: Ao detectar e avaliar o desconforto do condutor, a inteligência artificial pode alterar a configuração de condução ou o estilo de condução quando se encontra em modo autónomo.

Outras utilizações possíveis incluem o ajuste do ambiente interno do veículo, disse Lucian Gheorghe, investigador sénior de inovação no Centro de Investigação Nissan no Japão e responsável pela investigação em B2V. Por exemplo, a tecnologia pode utilizar a realidade aumentada para ajustar o que o condutor vê e criar um ambiente mais relaxante.

A tecnologia B2V da Nissan é o primeiro sistema no mundo do seu género. O condutor utiliza um dispositivo que mede a actividade das suas ondas cerebrais, as quais são analisadas por sistemas autónomos. Ao antecipar os movimentos pretendidos, os sistemas podem iniciar acções, como por exemplo, rodar o volante ou abrandar o automóvel, 0,2 a 0,5 segundos mais rápido que o condutor, mantendo-se no entanto maioritariamente imperceptíveis.

 

 

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2018/01/nissan-apresenta-tecnologia-para-ler-cerebro-do-condutor/

Deixar uma resposta