«

»

Mar 27

Imprimir Artigo

Lançamento da SpaceX criou onde de choque que interferiu com GPS

O lançamento de um Falcon 9 da SpaceX gerou um curioso fenómeno que afectou o funcionamento do serviço GPS numa vasta área, e que se deverá evitar repetir.

Este lançamento da SpaceX foi feito em 2017, transportando o satélite Formosat-5, gerou a primeira onda de choque acústica circular, que causou uma “abertura” na ionosfera com cerca de 900 quilómetros de diâmetro sobre os EUA, provocando problemas na recepção dos sinais de GPS.

Na origem deste fenómeno esteve a trajectória bastante íngreme na sua fase inicial, com o objectivo de fazer chegar a sua carga à altitude orbital pretendida (900 kms) – sendo que nos restantes lançamentos, essa ascensão é feita de forma “mais inclinada”, evitando a criação destas ondas de choque.

Embora os efeitos tenham sido temporários, a utilização do GPS tornou-se, hoje em dia, em algo tão comum e frequente que não será aconselhável interferir com esses sinais seja de que forma for. Já nos chegou o tempo em que os sinais GPS eram propositadamente degradados com o Selective Availability, coisa que felizmente foi desligada no ano 2000 e removida completamente do hardware das gerações mais recentes de satélites, para que seja verdadeiramente “irreversível”.

Publicado originalmente no AadM

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2018/03/lancamento-da-spacex-criou-onde-de-choque-que-interferiu-com-gps/

Deixar uma resposta