«

»

Abr 03

Imprimir Artigo

Renault ZOE Z.E. 40 C.R. – a solução para carregamentos (ainda mais) rápidos!

O Renault ZOE Z.E. 40 C.R. é uma nova versão do modelo eléctrico da Renault, que oferece tempos de carregamentos que chegam a ser cerca de 30% inferiores em relação ao ZOE Z.E. 40. Ou seja, a solução para quem tem de recorrer aos postos de carregamentos rápidos com frequência e com uma autonomia que é mais do que suficiente para as necessárias diárias da maioria dos clientes particulares ou empresariais: 370 quilómetros em ciclo NEDC.

Para carregar as baterias desde zero até aos 80 por cento de carga (perto de 300 quilómetros de autonomia em ciclo NEDC), o Renault ZOE Z.E. 40 C.R. precisa de 65 minutos, em vez dos 100 minutos do ZOE Z.E. 40. Uma poupança de tempo na ordem dos 30 por cento, mas isto nos postos de carregamento rápido de 43kW (64A). Já numa Wallbox de 22kW (32A), os tempos de carregamento são em tudo idênticos ao do ZOE Z.E. 40.

Os diferentes tempos de carregamento entre o ZOE Z.E. 40 C.R. e o ZOE Z.E. 40 justificam-se através dos diferentes motores utilizados nestes modelos. O primeiro está equipado com o bloco designado por Q90 e o segundo com o designado R90. Dois motores distintos, mas que reivindicam números muito próximos ou mesmo idênticos. A unidade eléctrica do ZOE Z.E. 40 C.R. tem uma potência de 65kw (88cv) em vez de 68kw (92cv) do ZOE Z.E. 40. A autonomia é de 370 quilómetros (em ciclo NEDC) em vez dos 400 quilómetros do ZOE Z.E. 40. Já o binário de 220Nm, a aceleração dos 0 aos 50 km/h em 4,1 segundos, dos 0 aos 80 km/h em 8,6 segundos e dos 0 aos 100 km/h em 13,2 segundos são comuns às duas versões.

Também os custos de utilização são idênticos em ambas as versões e, claro, imbatíveis quando comparados com os de um automóvel equipado com motor de combustão. É que se o Renault ZOE Z.E. 40 for carregado numa simples tomada eléctrica de uma casa de habitação, empresa ou garagem, pode percorrer 100 quilómetros com um custo de electricidade de apenas 1,4€. A tarifa de electricidade contratualizada só tem de ser bi-horária. Se não for o caso, a mesma centena de quilómetros tem um custo máximo de 2,4€ ou seja, um valor incomparavelmente inferior ao que é reivindicado pelos mais económicos diesel.

Mas as poupanças não se ficam por aqui… Para além do Renault ZOE estar isento do pagamento de Imposto Único de Circulação, não é abrangido pela tributação autónoma e, na cidade de Lisboa nem sequer paga estacionamento. Já para não falar do custo das revisões: entre os 30 e os 50 euros! E, se todos os números anteriores são válidos para um cliente particular, que dizer para uma empresa, que também beneficia da dedução integral do IVA?

O Renault ZOE Z.E. 40 C.R. pode ser adquirido a partir de 15.460€* (empresas) ou 18.820€** (particulares), associado a um contrato de aluguer e serviços relacionados com as baterias. Se a opção recair na compra do novo Renault ZOE Z.E. 40 C.R. com as baterias incluídas, o preço começa nos 23.195€ (empresas) e 27.995€ (particulares).

* associado a um contrato de aluguer da bateria, beneficiando da dedução integral do IVA e incluído o incentivo do estado no valor de 2.250€.
** associado a um contrato de aluguer de bateria, beneficiando do incentivo do estado no valor de 2.250€ e com uma retoma e financiamento RCI Bank.

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2018/04/renault-zoe-z-e-40-c-r-a-solucao-para-carregamentos-ainda-mais-rapidos/

Deixar uma resposta