«

»

Jun 27

Imprimir Artigo

Nova geração da Peugeot Partner, Citroen Berlingo e Opel Combo

O Groupe PSA pretende consolidar a sua posição de líder do mercado dos pequenos furgões na Europa – em 2017 teve uma quota de mercado de 30% – propondo aos seus clientes uma nova geração dos modelos Peugeot Partner, Citroen Berlingo e Opel Combo.

Este programa comum é desenvolvido com base na plataforma EMP2 e integra, pela primeira vez, o fabrico de modelos Opel e Vauxhall. Esta nova geração de modelos será produzida nas unidades fabris de Mangualde (Portugal) e Vigo (Espanha).

Para acompanhar as ambições comerciais desta renovada oferta, foi constituída uma terceira equipa em Mangualde (225 contratações) e uma quarta em Vigo (900), que estão em operação desde Abril e Junho, respectivamente. Colocando-se ao mais alto nível de desempenho do Groupe PSA, estas duas fábricas do Polo Industrial Ibérico introduziram alterações profundas para acomodar os novos modelos.

Estes novos modelos irão propor aos clientes conteúdos inéditos, especialmente projectados para ir ao encontro das suas utilizações no quotidiano ou em situações excepcionais, oferecendo-lhes maiores níveis de segurança (ajudas à condução e às manobras, etc), de conforto (regulações lombares, tratamento acústico, etc) e de funcionalidade (maior cabina, carga útil reforçada, maior comprimento de carga, pack chantier, etc).

Para abranger todas as utilizações dos profissionais, com estes novos modelos o Groupe PSA oferece, actualmente, uma ampla variedade de silhuetas, combinando diversas variações de carga útil (650 a 1000 kg), dois comprimentos (4,40 e 4,75 metros), número de lugares (2, 3 e 5) e de equipamento (cargas longas, abertura superior na carroçaria, melhor iluminação na área de carga, tomada 220V, etc).

Estes veículos serão comercializados numa centena de países, estando a abertura de encomendas, na Europa, agendada para o próximo mês de Setembro.

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2018/06/nova-geracao-da-peugeot-partner-citroen-berlingo-e-opel-combo/

Deixar uma resposta