«

»

Ago 04

Imprimir Artigo

NASA avança com voos supersónicos “silenciosos” antes do final do ano

A possibilidade dos voos supersónicos regressarem ao circuito comercial – após o fim do Concorde – aproxima-se, com a NASA a realizar ainda este ano testes que irão avaliar a possibilidade de se fazerem voos supersónicos sobre terra, algo que actualmente é proibido devido ao nível de ruído.

Actualmente não é atractivo para as empresas desenvolverem aviões supersónicos, não por falta de capacidade técnica, mas sim pelas restrições legais. Os voos supersónicos são permitidos apenas sobre a água, reduzindo significativamente as rotas onde estes aviões poderiam operar. Mas isso é algo que a NASA quer alterar, recorrendo a uma nova tecnologia supersónica silenciosa.

Embora não se possam quebrar as leis da física, a ideia é criar um avião que seja capaz de evitar a combinação das ondas de choque na transição para velocidade supersónica, impedindo a formação do bem conhecido “estrondo sónico” – ou melhor dizendo, direccionando-o para áreas específicas. O resultado disso são outras áreas onde apenas se ouvirão uns estampidos bem mais modestos e que até poderão passar completamente despercebidos.

 

[aos 0:40 podemos ouvir o estrondo sónico normal; aos 2:30 temos a versão silenciosa]

Será precisamente esse o propósito dos testes que a NASA irá realizar em Novembro, com um avião de teste que irá sobrevoar diversas cidades, para depois se avaliar a reacção do público (e também complementado por medições científicas, obviamente). Se os testes forem positivos, será um importante primeiro passo para que no futuro se possam realizar voos supersónicos sobre terra; o que permitiria fazer, por exemplo, viagens entre Nova Iorque e Los Angeles em metade do tempo dos voos actuais.

… Depois só falta encontrar sistemas de propulsão que permitam atingir e manter velocidades supersónicas utilizando energias renováveis… 😉

Publicado originalmente no AadM

Link permanente para este artigo: https://pelaestradafora.com/2018/08/nasa-avanca-com-voos-supersonicos-silenciosos-antes-do-final-do-ano/

Deixar uma resposta